Nenhum produto no carrinho.

Subtotal: R$0,00

Loja Virtual: (31) 99848-0201

Loja Física (Matriz BH): (31) 99667-5602

Revendedores: (31) 99571-7627

Geral: (31)   3486-2765

Mais Imagens

Óleo Essencial de Zinziba GT África do Sul 10,1ml

Seja o primeiro a avaliar este produto

Nome botânico: Lippia javanica 


Origem: África do Sul 
Parte utilizada: Folhas 
Método de extração: À vapor 
Cultivo: Orgânico não certificado 
Volume: 10,1ml

Disponibilidade: Em estoque

R$101,00

Detalhes

ÓLEO DE ZINZIBA, O PODEROSO SEGREDO TERAPÊUTICO DA TRIBO XHOSA DA ÁFRICA DO SUL!

Zinziba (Lippia javanica) é também chamada de verbena selvagem ou verbena do Cabo e é provavelmente uma das plantas medicinais aromáticas mais subestimadas da África do Sul. É um arbusto lenhoso que pode atingir uma altura de dois metros, de folhas com pelos rígidos e veias marcantes, e flores brancas e amarelas formando pequenos buques aglomerados. Quando esmagadas, suas folhas emitem um cheiro forte de limão. Dizem ser um dos arbustos indígenas mais aromáticos do Zimbábue.

A tribo Xhosa chama esta planta de zumbani e a utiliza na forma de chá para o tratamento de tosse, resfriado e problemas respiratórios em geral, além de empregar para a desinfecção de carne visando evitar contaminação pelo antraz. Também utilizam as folhas da zinziba para controle de pragas em lojas locais que vendem grãos. E ela também é conhecida como "fever tea tree" (árvore do chá contra febre), pois localmente é empregado como remédio para controle da febre. 

É usado localmente para tratar uma enorme variedade de doenças, mas seu potencial só recentemente veio à luz no meio científico. Esta planta costuma crescer em regiões difíceis de desenvolvimento, sendo muito resistente ao sol, falta de água e solos fracos, mostrando ter uma imunidade latente que se sobressai no reino vegetal. É possível que esta sua forte resistência seja a razão de mostrar em pesquisas laboratoriais considerável efeito antimicrobial. A 1% elimina totalmente a E. coli e o S. aureus e em baixíssimas concentrações micromolares, é eficiente contra a malária (Plasmodium falciparum). [1]

Em bactérias causadoras de infecções pulmonares, teve alta atividade frente Klebsiella pneumoniae e Cryptococcus neoformans que são associados a infecções oportunistas em pacientes imunocomprometidos. O Cryptococcus neoformans mostrou foi eliminado nas concentrações de 0,5%, 0,75% e 1% com 1 hora de exposição ao óleo de zinziba. [2]

O componente epóxido de tagetenona deste óleo mostrou ter capacidade de inibir (a 100 microg mL(-1)) cerca de 91% da enzima transcriptase reversa, tendo importante utilidade no controle da Aids. [3] O componente piperitenona mostrou ter poderosa ação frente a Entamoeba histolytica. [4]

No Zimbábue esta planta é muito empregada como repelente de mosquitos. Seu óleo essencial isolado na dose de 5mg/cm2 mostrou proteger contra o Aedes aegypti durante duas horas e meia (2.5h). O estudo descobriu também que os extratos completos da planta contendo cumarinas, flavonóides e cumarinas, apresentou ação repelente de 8 horas! [5]. 

A colheita das folhas da zinziba é realizada entre março a maio, quando seu óleo essencial é destilado. Cada planta pode produzir até 200kg de folhas por ano. Suas folhas são ricas em cobre, ferro e zinco, e possuem propriedades anti-inflamatórias e anti-oxidantes.[6] 

Indicações:

- Asma, tosse, sinusite e bronquite (ajuda a reduzir o catarro);
- Gripes e infecções pulmonares; 
- Repelente de insetos (pernilongos, pulgas e carrapatos;
- Hidratação de pele seca, melhora de iritações, dermatite e da psoríase;
- Antisséptico útil em micoses e outras infecções fúngicas e bacterianas na pele;
- Útil contra piolhos;
- Ajuda a baixar a febre;
- Dores musculares;

Cuidados:
Evite seu uso durante a gravidez devido a presença de crisantenona, componente encontrado em plantas consideradas abortivas, como o artemijo (Tanacethum parthenium). 

Aromacologia:

É utilizado para fortalecer a energia do corpo, tendo um efeito protetor da imunidade energética. Tonifica a mente e aumenta a disposição. É um óleo de aroma diferenciado que pode compor interessantes fórmulas de perfumaria.

Composição (óleo da Laszlo):

mirceno 0.6
α-felandreno 1.6
p-cimeno 0.9
limoneno 37.5
1.8-cineol 1.7
Z-β-ocimeno 0.5
E-β-ocimeno 0.3
terpinoleno 0.5
γ-terpineno 0.4
linalool 0.6
tagetona 0.5
mircenona 10.7
piperitenona 0.5
carvona 6.3
perilaldeído 8.3
crisantenona 17.1
β-cariofileno 2.9
germacreno d 3.4
oxido cariofileno 0.3
outros 3.4

Fábián László
Cientista aromatólogo


Referências:
[1] Manenzhe NJ, et al. Composition and antimicrobial activities of volatile components of Lippia javanica. Phytochemistry. 2004 Aug;65(16):2333-6.
[2] Viljoen AM, et al. The composition, geographical variation and antimicrobial activity of Lippia javanica (Verbenaceae) leaf essential oils. J Ethnopharmacol. 2005 Jan 4;96(1-2):271-7.
[3] Silva F. Mujovo, et al (2008): Bioactive compounds from Lippia javanica and Hoslundia opposita ,
Natural Product Research: Formerly Natural Product Letters, 22:12, 1047-1054
[4] Samie A, et al. Crude extracts of, and purified compounds from, Pterocarpus angolensis, and the essential oil of Lippia javanica: their in-vitro cytotoxicities and activities against selected bacteria and Entamoeba histolytica. Ann Trop Med Parasitol. 2009 Jul;103(5):427-39. 
[5] Nzira L1, Per M, Peter F, Claus B. Lippia javanica (Burm F) Spreng: its general constituents and bioactivity on mosquitoes. Trop Biomed. 2009 Apr;26(1):85-91.
[6] Dzoyem JP1, Eloff JN. Anti-inflammatory, anticholinesterase and antioxidant activity of leaf extracts of twelve plants used traditionally to alleviate pain and inflammation in South Africa. J Ethnopharmacol. 2015 Feb 3;160:194-201.

Informação Adicional

Volume 10mL

Comentários

Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.