Nenhum produto no carrinho.

Subtotal: R$0,00

Loja Virtual: (31) 99848-0201

Loja Física (Matriz BH): (31) 99667-5602

Revendedores: (31) 99571-7627

Geral: (31)   3486-2765

20%

Óleo Essencial de Khella 10,1ml

Mais Imagens

Óleo Essencial de Khella 10,1ml

Seja o primeiro a avaliar este produto

.

Disponibilidade: Em estoque

Preço: R$237,00

Preço Promocional R$189,60

Detalhes

A khella (Ammi visnaga) é uma planta de origem oriental, comum na índia, Marrocos e Egito, onde é amplamente utilizada como remédio. Suas propriedades medicinais estão mais concentradas nas sementes, ricas em cromonas (kelina e visnagina) e óleo essencial.

A presença de kelina e vinagina no óleo, mesmo em doses muito baixas, garantem ao mesmo poderosa ação anti-asmática, que também é explicável pela ação de ésteres anti-espasmódicos no óleo. A kelina também age como dilatador coronário e diurético.

Algumas pesquisas científicas têm mostrado grande eficácia de extratos da planta contendo alto teor de kelina e visnagina no tratamento local de leucoderma (vitiligo).

É provavelmente o anti-espasmódico e anti-histamínico mais forte dentro da aromaterapia (musculatura lisa), sendo útil em casos de ataques asmáticos, cólicas renais e vesiculares e espasmos intestinais e uterinos (cólicas menstruais). Possui efeito broncodilatador, e levemente anti-coagulante.

Sobre a pele pode ter um efeito fotosensibilizante dada à presença de furanocumarinas no óleo, que reforçam a ação artero-dilatadora do óleo e as indicações no tratamento do vitiligo. Por este motivo, é utilizado localmente para repigmentação da pele em caso de vitiligo. É usado na dose de 2-3% em gel ou creme e aplicado somente na área atingida pelo vitiligo com exposição posterior ao sol por cerca de 1 hora. A ação é similar à obtida com o óleo de bergamota. Não utilize em áreas não despigmentadas pois pode manchar a pele. Não cura o vitiligo, só ajuda na repigmentação.

Eficaz no tratamento de problemas cardio-vasculares, risco de infarto e angina no peito, ligados e desencadeados principalmente a problemas emocionais.

Observou-se que seu aroma reduz a ansiedade e a compulsão por comer, principalmente doces.

OUTRAS INFORMAÇÕES
- Fotossensibilizante no tratamento do vitiligo, psoríase e alopecia aereata. 
- É uma planta herbácea selvagem comum no Egito e mediterrâneo. 
- A Khellin é uma furocromona de ocorrência natural nas sementes da planta Ammi visnaga. Usada no tratamento fotoquimioterapêutico sistêmico e/ou tópico do vitiligo e psoríase.
- Possui estrutura química semelhantes aos psoralenos (primeiro tratamento utilizado para o vitiligo), porém khellin é mais seguro, menos genotóxico e fototóxico.
- A Khellin possui efeito antiespasmódico seletivo no ureter, vesícula e ducto biliar (Charles & Estaleta, 1951). Khellin é eficaz no tratamento da cólica renal e urolitíase (cálculo renal). Com atividade relaxante da musculatura lisa e inibidora da cristalização do oxalato de cálcio, prevenindo a formação e eliminação dos cálculos (Vanachayangkul et al, 2011). 
- No tratamento prolongado do vitiligo: khellin via oral juntamente com à exposição à radiação UVA é um tratamento seguro e eficaz. (HOFER et al.,2001).

MECANISMOS DE AÇÃO:
Khellin com UVA (KUVA) forma um menor número de ligações cruzadas com o DNA quando comparada à PUVA - com menor potencial genotóxico.
- Não induz hiperpigmentação da pele adjacente não - vitiliginosa como é frequente no tratamento com PUVA.

CONTRAINDICAÇÕES: Grávidas, lactantes, crianças e pacientes com insuficiência hepática.
OBS: Em tratamentos sistêmicos prolongados, recomenda-se avaliar as funções hepáticas e sanguíneas a cada 6 meses.

EFEITOS COLATERAIS: Uso sistêmico: desconforto gástrico, náusea, cefaleia, fadiga, elevação das transaminases hepáticas, urticária e dermatite.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: Amitriplina, amiodarona, ciprofloxacina, digoxina, paracetamol, isoniazida, metotrexato, metildopa, norfloxacina, fluconazol, itraconazol, eritormicina, fenitoína, lovastatina, sinvastatina, tetraciclina.

Quer conhecer melhor as propriedades terapêuticas deste óleo essencial?

GRUPO LASZLO

REFERÊNCIAS:

FÁBIÁN LÁSZLÓ

TREASE, GE. EVANS, WC. Pharmacognosy 11th ed. ed. London: Baillière Tindall, 1978. de Leeuw J, van der BN, Maierhofer G, et al. A case study to evaluate the treatment of vitiligo with khellin encapsulated in L-phenylalanin stabilized phosphatidylcholine liposomes in combination with ultraviolet light therapy. Eur J Dermatol 2003;13(5):474-477. 14693493

MORLIERE, P. HONIGSMANN, H. AVERBECK, D et al. Phototherapeutic, photobiologic, and photosensitizing properties of khellin. J Invest Dermatol 1988;90(5):720-724. 3283251

VALKOVA, S. TRASHLIEVA, M. CHRISTOVA, P. Treatment of vitiligo with local khellin and UVA: comparison with systemic 
PUVA. Clin Exp Dermatol. 2004 Mar;29(2):180-4

Informação Adicional

Volume 10mL

Comentários

Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.